Regras do Tiro Com Arco

Durante muito tempo o arqueirismo, que foi uma das principais habilidades que o homem já desenvolveu lhe foi útil como principal arma em guerras antigas, uma das principais fontes de caça por conta da sua agilidade, mas depois do descobrimento da pólvora que gerou a fabricação de novas armas, ela deixa de ser uma principal arma de guerra para se tornar uma modalidade esportiva que muito breve difundida por vários países.

No ano de 1930 foi fundada a FITA (Federação Internacional de Tiro com Arco), que não se prendeu em desenvolver com urgência o campeonato mundial na Polônia no ano de 1931. Em 1972 entra de forma permanente nos jogos Olímpicos.

Nas competições são permitidos os participantes devem estar com roupas apropriadas, camisa, calça e tênis correspondentes aos seus uniformes, em campeonatos estaduais não são exigidos o uso do uniforme, porem é recomendável. É necessário que o arqueiro esteja também com a sua aljava a postos.

São permitidos dois tipos de arco nas competições, o arco recurvo e o arco composto, em jogos olímpicos são permitidos apenas o arco recurvo.

Os protetores de peitos são recomendados para os arqueiros, enfatizando as arqueiras que utilizam os arco recurvo. O protetor de pulso é recomendado para ambos.

Asflechas são compostas por alumínio, pontos extremamente afiadas e na haste tem o formate de um “U” para engatar na corda do arco, elas devem ter o respectivo nome do arqueiro marcado no tubo.

O alvo marca a pontuação do arqueiro a cada tiro disparado, cada circunferência do alvo vale de 1 a 10, quanto mais próximo ele chegar do centro mais pontos ele produz, isso faz com que o acumulo de pontos vá sendo efetuado e cada competição seguem numa escala de 1 a 10.

Na modalidade em ambientes indoor, o arqueiro fica a 18 metros do alvo. Atira 10 séries de 3 tiros cada uma, em duas rodadas. Ao final, a pontuação conquistada nos 60 tiros é somada e o total obtido define a classificação de cada atleta na competição.

Nas competições ao ar livre,o alvo fica nas distâncias de 30, 50, 60 e 70 metros na disputa feminina e 30, 50, 70 e 90 metros na disputa masculina.Todos os arqueiros fazem três séries de 12 disparos em cada uma das distâncias, totalizando 144 tiros. No final, a pontuação obtida nos tiros é somada e define-se a classificação de cada atleta.

Na modalidade olímpica, 64 atletas participam da disputa. Um round inicial é disputado com o alvo a 70 metros de distância, em seis rodadas de 12 disparos cada. Após todos completarem 72 tiros, os arqueiros são classificados de 1 a 64, de acordo com o total de pontos acumulados.
Um cruzamento é formado, levando em conta a colocação de cada atleta, e são definidos os confrontos um contra um. O melhor colocado no round inicial enfrenta o de pior pontuação, o segundo enfrenta o 63º e assim por diante. Os dois arqueiros disputam até 5 sets. Em cada set, cada atleta faz três disparos. Aquele que obtiver a maior pontuação somada vence o set e marca 2 pontos. Caso os dois terminem o set empatados, cada um recebe um ponto. O arqueiro que acumular seis pontos vence o confronto e segue para a próxima fase. O perdedor é eliminado da competição.
Para conquistar a medalha de ouro, o arqueiro deve vencer seis fases (round de 64, round de 32, oitavas de final, quartas de final, semi final e final).
Os dois arqueiros eliminados nas semi-finais disputam o bronze.

Os organizadores do campeonato devem disponibilizar uma rodada de aquecimentos para os competidores, dando assim a chance deles definirem os ajustes finais, lembrando que é uma disponibilidade opcional.

Nas competições ao ar livre, cada competidor dispara 72 tiros em series de 6, vencendo aquele que somar maior quantidade de pontos.

Nas competições em ambientes fechados, cada competidor dispara 60 tiros em 6 series de de 3 disparos, vence quem finalizar com maior quantidade de pontos.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *